Lendas Urbanas

Home

Area Secreta
Oque são lendas urbanas?
Guerreiros Fantasmas da Colina Cadbury
A Bruxa de Gwrach-y-rhibyn
Artistas e Seus Pactos
Mulher de Branco
Bill Gates
Bill Gates - ZUEIRA
Boneca da Xuxa
O caso do Rim
Bruxas
Fantasma da indonésia
A Gangue do Palhaço
Abraço
Morte de Kurt Cobain
Courtney Love Mandante do Crime?
Foto da Carta de suícidio,Tradução da Carta
Frango
Papai Noel
O Carro Riscado
A Mata da Noiva
Arranhões na Janela
A Loira do Taxi
A Hora da Morte
O Casamento Amaldiçoado
A lenda do sinal de farol
O boneco do Fofão
Os gritos do inferno
Espelhos
A copa de 1998
Leis de Murphy
Vocabulário
Futebol de Rua
e-mail-me
Morte de Kurt Cobain

Naquele dia, 8 de abril de 1994, Seattle - junto com o mundo parou. Kurt Cobain morre, mas fica para a história, deixando o exemplo do que era o rock para ser seguido, por que o rock naquele dia havia morrido, mas se Kurt o ressucitou uma vez, por que não ressucitar novamente? Junto com Kurt Donald Cobain, morre o Nirvana, um dos grupos mais importantes dos anos 90.
Para seus fãs, Kurt Cobain deixou álbuns ótimos. Mais importante que a música, no entanto, foi sua atitude em relação ao estrelato e á máquina da indústria. Cobain acabou com a mística de que o artista é um ser superior, que não pode se misturar com seu público. Ele queria exatamente o oposto. Cobain queria ser como seu público: queria usar as mesmas roupas, ouvir os mesmos discos, queria se misturar na multidão. Seu maior desejo era ser diferente dos astros que dominavam as paradas pré-Nirvana, aqueles que ele tanto detestava. E conseguiu.
O Nirvana foi uma das poucas bandas a fazer música que realmente importava. Quando Cobain cantava sobre dor, angústia e frustração, o público sentia que ele estava exprimindo com honestidade o que estava sentindo. Honestidade é algo subjetivo, mas ninguém pode dizer que Cobain escrevia aquelas letras pensando em sua conta bancária. O Nirvana foi a primeira banda honesta a surgir em muito, muito tempo.